terça-feira, 8 de maio de 2012

BORBOLETAS PARA O DIA DAS MÃES DE 2012

O modelito dessa borboleta de hoje é muito bom pelas possibilidades de aplicações.
Desde festas infantis, adornos de chapéus, móbiles mais sérios decorativos.
1o. ANIVERSÁRIO DA LETÍCIA
Nesse caso foi confeccionada em papel vegetal cromático. O corpo duas tirinhas coladas na frente e atrás. A cabecinha em papel colorset . Penduramos um recadinho de agradecimento pelo comparecimento na festa e as borboletas se espalharam pelo teto do salão. São bem leves.















O mesmo estilo de borboleta foi usada num chapéu caipira da Letícia. os papeis fora o vegetal vermelho e golden.  No corpinho foram coladas miçangas e lantejoulas.

ESQUEMA


ESTE ESQUEMA FOI TIRADO DO LIVRETO ORIGAMI E HON 1
Traz origamis da estorinha OYA YUBI HIME
cod ISBN4-8347-6332-3  C9476

Os modelos usados no aniversário e chapéu da letícia são exatamente do esquema acima.







Não há erro nas dobras dessa borboleta e ao final conforme como se corta e/ou se juntam as partes há diferentes opções de borboletas, conformem podem verificar nos esquemas abaixo. Cada linha é um tipo de corte no quadrinho final se mostra a borboleta.




(Esses esquemas parciais acima fora tirado da revista/livro ORIGAMI ASSOBI codigo ISBN4-8347-0928-0 e C9476 P720E printed in Japan in 1996


BORBOLETAS MÓBILES
Moramos nessa casa há cinco anos e quando viemos para cá coloquei no gazebo e no jardim 30 borboletas coloridas e com miçangas. Todas se fueran doadas ou de alguma outra forma.
Mas o Flávio tirou foto de duas da casa da Kity. Já bem antigas e dá para ilustrar, pois nosso tempo anda muito escasso.


A foto não está nítida, mas com papeis com cortes de diferentes tamanhos. Os cortes de cada um são de diferentes tamanhos, não os papeis iniciais, visto que na junção devem ter igual tamanho se fizermos um de 15 cm e outro de 10, as paralelas na hora de colar ou juntar serão diferentes.
Com um arame flexível duplo colocamos as contas e na hora do encaixe do papel seguimos com os arames em separado com miçangas e depois de passado o corpo da borboleta coltamos a juntar os arames para formar o pescoço e cabeça, acabando com os arames como antenas. Tudo muito fácil.


NOTINHA CHATA - Solicito a quem copiar - para publicar - o que retira da Maria Dobradura (já encontrei em outros blogs e no facebook) que a citem como fonte. A maioria dos diagramas que coloco são da Revista Piccollo e esclareço isso, os diagramas de livro, tento traduzir o nome das obras e colocar códigos, mas quem está re-publicando não. Embora saiam até as marcas da espiral onde colo meus recortes! Não acho ruim, só um cuidado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário